Vincent Van Gogh

Acreditava que o impressionismo não oferecia ao artista a liberdade necessária para expressar suas emoções. Com uma carreira breve, primeiramente voltou-se ao interesses ligados a literatura e a religião. Seus quadros demonstravam um profundo sentimento aos pobres. Para ele era a cor, e não a forma, que determinava o conteúdo expressivo de seus quadros, manteve-se profundamente compromissado com o mundo visível. Pintou de diversas maneiras e com vários conceitos. Era ligado a tradição holandesa do claro-escuro e a preocupação com os problemas sociais. As cores eram sombrias e o personagem melancólico. Ligou-se superficialmente ao impressionismo, mas logo abandonou, principalmente pela decisão de simplificar as formas dos seres, reduzir os efeitos da luz e usar zonas de cores bem definidas. Usava cores intensas e puras sem nenhuma matização. Pintou em três meses cerca de oitenta telas com cores fortes e linhas retorcidas. Com as crises decorrentes da doença mental, a pintura se tornou cada vez mais difícil para ele. Sem esperança de cura, cometeu suicídio, pois sentia que apenas a arte tinha tornado sua vida digna de ser vivida.

 

Veja as principais obras de Vincent Van Gogh


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: